ESTE BLOG DESTINA-SE À POSTAGENS DE POESIAS, POEMAS E/OU CRÔNICAS DE CONTEÚDO LITERÁRIO. ESTE ESPAÇO TAMBÉM É ABERTO A TODOS QUE TIVEREM INTERESSE NA PUBLICAÇÃO DE SEUS TRABALHOS, REGISTRANDO A DEVIDA AUTORIA. OBRIGADA POR ME SEGUIREM E POR PRESTIGIAREM ESTE BLOG.

terça-feira, 13 de março de 2012





FUGAS

(Maria Paraguassu)


Fugir!
De que, de quem, para que?
se a vida é uma eterna volta...

Recomeçar o que ficou
para trás, abandonado,
sem solução ...

Casos pendentes,
vidas em conflito,
crises em profusão ...

Amores estagnados,
corações amargurados,
peças de um jogo,
com início, mas sem fim ...

Lá adiante, a vida pede
a reparação que ficou.
O jogo continuará,
até que acabe, enfim...

25 comentários:

  1. Que verdade!
    Estampada assim, tão lindamente em versos, ganha uma conotação maior e nos leva a refletir, melhorar e seguir.
    A vida é isso: uma tentativa de crescimentos e acertos.
    Sempre amo o que vc faz e me acresço, viu!
    Beijos da Genaura Tormin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga querida e amada,
      Agradeço muito sua vinda até aqui e seu comentário, que muito
      me faz crescer e aprender cada vez mais.
      Um grande beijo em seu coração, amiga.

      Excluir
  2. Lindo sempre!Tu és inspirada e sabes poetar!!!beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica querida,
      Agradeço sua gentil visita, amiga.
      Afetuoso beijo.

      Excluir
  3. Oi amiga achei o Recanto um encanto, parabéns.
    Beijos de flores.
    Lua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lua querida,
      Obrigada pela visita, linda.
      Flores para você, também.
      Grande beijo.

      Excluir
  4. Boa tarde amiga distante!
    vc já foi de pertinho...eu me sentia segura,agora na distância sinto o vazio...
    Mas em compensação vc escreve lindamente e recebes meus parabéns...
    Voltarei sempre para te ler...
    bjsssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, amada Severa,
      agradeço sua visita e seu elogio. Obrigada, mesmo.
      Um beijo em seu coração.

      Excluir
  5. Fugir não adianta,
    De o ser feliz, nunca o fazer
    Quem enfrentar a realidade não tenta
    Pode o amor a felicidade perder?

    Quando se pensa não haver,
    Para o amor solução
    De repente poderá aparecer
    Trazendo felicidade ao coração.

    Lindo poema este,
    Que acabei de comentar
    Você, o escreveste
    Parabéns te estou a dar.

    Um abraço, para você, e tenha uma linda tarde.
    Eduardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eduardo,
      Obrigada, amigo querido, por visitar-me.
      Um beijo carinhoso em teu coração.

      Excluir
  6. Olá linda!
    Teu poema é cheio de encanto e verdade.
    Fugir? Não seria a melhor opção.
    Amei te ler.

    Beijos doces.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Fernanda,
      Que bom que vieste me ver.
      Fico muito feliz e agradeço sua presença aqui.
      Um beijão, amiga.

      Excluir
  7. Olá!
    É um prazer fazer parte desse blog também.
    Esse poema é divino.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida,
      O prazer é meu em recebê-la aqui neste recanto.
      Obrigada pela visita.
      Um afetuoso beijo.

      Excluir
  8. Bom dia! Segui o seu conselho e vim visitar este seu blogue, e sem arrependimentos! Poesia não é o meu preferido tabuleiro de jogo mas quem sabe lançar bem os dados consegue cativar-me, fazer-me jogar em frente! Porque não jogamos para trás nesta vida, nesta nossa tão conhecida e surpreendida vida! E não vale a pena fugir, não adianta, só nos atrasa...
    Um beijo, minha amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querido Paulo,
      Adorei sua visita aqui no Recanto.
      Fez-me muito feliz, amigo, sua presença, pois vocês, são peças muito importantes neste tabuleiro da vida, para mim.
      A cada um que chega, dedico meu muito obrigada.
      Paz e luz em seu coração.
      Beijos.

      Excluir
  9. Parabéns pelo seu blog e pelo que nele guarda com tanto carinho:)
    Passarei mais vezes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carlinda,
      Que prazer em recebê-la, amiga.
      Obrigada pela visita. Volte sempre.
      Paz e luz em seus dias.
      Beijos.

      Excluir
  10. Olá, Paraguassú, visitando teu lindo blog, com poesias cheias de sentimentos e contando com muito saber o que vai no íntimo de cada um. Parabéns, amiga!
    Estou tentando seguir o Recanto mas está difícil de fixar a foto. Mas tentarei, algum problema do 'blogger', e penso que será solucionado.

    beijos e parabéns pelo Recanto da Poesia.
    Tais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Taís,
      Agradeço sua atenção e visita tão amável a este Recanto.
      Obrigada, mesmo.
      Paz e luz em seus dias.
      Grande beijo, amiga.

      Excluir
  11. A verdade da vida.
    Tocante.
    Abraço e sucesso a vc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amiga,
      Obrigada por sua visita.
      Um grande beijo.

      Excluir
  12. Paraguassu, sua poesia sempre me inebria!Vc escreve lindamente!Hoje tem uma poesia sua em meu blog Recanto dos autores.Espero que não se importe!bjs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anne querida,
      Obrigada pela visita e comentário.
      Paz e luz nos seus dias.
      Afetuoso beijo.

      Excluir
  13. Maria querida.
    Quanta verdade em suas palavras.
    Nada fica oculto, a tudo teremos de dar conta.
    É a vida é da Lei.
    Um beijo bom domingo
    Wilma
    www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

    ResponderExcluir